Xuxa

Maria da Graça Meneghel

¤ 27/03/1963 –  † 19/01/2010
Duendóloga

Epitáfio: “A beneficência é sobretudo um vício do orgulho
e não uma virtude da alma”
(Marquês de Sade)

Quando penso em Xuxa e nas milhares de mentes definitivamente prejudicadas por suas pregações e seu exemplo entendo a amplitude do arregaço social pelo qual todos nós vimos pagando não apenas em impostos, mas também com a problemática da gravidez precoce, do inchaço populacional, dos bolsões de pobreza, do aumento da criminalidade, de nossa escancarada corrupção moral e política.

O fenômeno Xuxa nos anos 80, foi um projeto sistemático e silencioso de imbecilização de uma geração que hoje está se reproduzindo na qualidade e proporção de ninhadas de ratos, que está chorando por filhos que se espelham ou que contribuem no sucesso do traficante de drogas local, que exige direitos em gritos de desespero pelo barraco inundado.

Evidentemente que Dona Maria da Graça foi apenas uma peça na complexa engrenagem que retroalimenta a grande máquina de moer carne que é a Rede Globo de Televisão, mas representa um divisor de águas na prática do método por sua abrangência, amplitude e cinismo.

Não é que tenha inventado sistemas, categorias. À outras mentes pertece a concepção ideológica e estética deste personagem nocivo que, já antes de selar o  pacto macabro que a elevaria ao status de celebridade (inter?) nacional, demonstrava a ferocidade de suas convicções reinventando toda uma categoria de profissionais de alcova: a das Marias-Chuteira.

Pergunto-me sobre como a opinião pública pôde tolerar a longevidade do Projeto Xuxa. A resposta está na forma como este personagem dantesco se modificou com o passar do tempo, adaptando-se e atendendo às expectativas subconscientes do público: a vizinha jovem e gostosa, a tia bonitona, a irmã mais velha, a amiga corajosa que decide criar os filhos sozinha e mais recentemente – criando tendência – a tuiteira barraqueira. E dá-lhe propaganda de brinquedo, de iogurte, de calçado, cinema, roupa, perfume, xampu, DVD, aparelho de barbear e toda a porra!

Xuxa, em si, é o próprio sinal de que o fim dos tempos se aproxima.

Enterremo-la e oremos por intenção de sua alma que queimará eternamente no inferno de todos os seus conceitos e concepções abjetas.

Material Relacionado:

Personalidades Dilaceradas: Rodrigo Xuxa


Anúncios

83 Respostas para “Xuxa

  1. Praticamente a mãe de mara maravilha, eliana dos dedinhos e da angélica. Não sei se houve antecessoras, pois eu era mto novo quando isso já era sensação da TV. De fato o que prestava no programa da xuxa sempre eram os desenhos mesmo.

    Curtir

  2. Eu tenho que dizer:

    Nasci em 1980, e fui durante todos os anos 80 um dos famigerados “baixinhos da xuxa”…

    A diferenca? Dentre o 1 milhao de baixinhos dela, eu estou entre os 100 que o foram e sobreviveram mental e fisicamente pra contar a historia……

    Pena que eu nao pude salvar minha irma e meus primos….

    Coveiro, como eu ja comentei em outro enterro, acho que a medalha de bronze vai ficar com a xuxa….

    hummm, nao, pensando bem nao… a xuxa nao merece a medalha de bronze nao…

    Medalha de ouro: enterro da Ivete Cervejeira;
    Medalha de prata: enterro do Bial Deslumbrado;
    Medalha de bronze: ainda na procura….

    Curtir

  3. POR-FAVOR, QUANDO FIZER O ENTERRO DO NOVELISTA CARLOS LOMBARDI, AVISE-ME!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Curtir

  4. É, não tinha pensado num detalhe deste enterro. A questão do X. Melhor não deixar ninguém botar X para marcar a cova. Vai que algum pirata desenterre, pensando que é um tesouro. Sem X, pra não dar xanxe da “melhor” apresentadora ressuscitar. Td cuidado é pouco.

    Curtir

  5. Ridículos, não tem mais o que fazer, vão falar mal usando palavrinhas toscas da maior e melhor apresentadora do Brasil. Projeto de site mal sucedido.

    Curtir

  6. NÃÃÃÃÃÃOOOOOOOOOOOOOOOOOO !!!! A Zelia não pode sentir inveja de forma alguma!!! Aqui o único que tem o direito de sentir inveja de tudo e de todos é o nosso anfitrião COUveirinho…..e eu…bem……eu fiquei com inveja de quem mandou beijos então………vou mandar também: Um beijo pra tia Belinha, para os meus cachorros, para minha amiga Solange, para o dono da padaria aqui perto, para o porteiro do meu prédio .ehehe…..acho que chega por enquanto!!! 😉

    Curtir

  7. Zeliaaaaaaaa, abana que tou abanando daqui!
    Dando o último adeus? Que danada! haha
    Ajuda o CoUverinho a enterrar a Xucra e marca um X desenhado na terra, mas polamordedeus não me coloca um X dourado pros piratas não pensarem que é tesouro. Atira logo a pá de terra!
    Só não fica ‘deprimida profundamente’ porque tu não foi escolhida paquita e nem inveje quem foi paquita, faça-me o favor, Zelia. x)

    Bejos pro CoUveIrinho!

    Curtir

  8. E eu também quero mandar um beijo pro meu pai, pra minha mãe, pra minha dinda, pro meu gatinho Fofis, pra tia Dilma, pro meu padrinho Paulinho Maluf, pro Louro José e a Aninha Praga. E pro Didimocósonrisal, pro Wall-E e a Eva. E pra ti CoUverinho. Cris, Ane, Luiz! Ói eu aqui, na Xuxa!!

    Curtir

    • Pipocaaaaa, uoooobaaaaaa! Um cheiro de pipoca tá rolando no ar (do cemitério) hahahaha.
      Só não é festa no apê porque o anfitrião está algumas covas ao lado =P
      Manda beijo pra todo mundo! Uhuuuul!

      Curtir

  9. Não sei nem como comentar, estou embasbacada com tamanha inteligência e desenvoltura em um texto!
    O blog em si é excelente, descobri hoje, pelo”Blog da pga”, que visito com frequência…rsrs
    Essa sua idéia de “dar um fim” a quem deveria ter se tocado e vazado da mídia e das nossas vidas, foi GENIAL!
    Não vou negar que fui fã da Xuxa na minha tenra infância e guardo boas recordações daquela época, que graças a Deus saí ilesa!!
    Mas já está na hora dessa senhora se tocar e parar com esse negócio de filminho e mimimimi! Bahh chega!!!!
    Já não tem grana suficiente para ir morar “mais” seu anjo nos states e desfrutar de sua invejável alfabetização em inglês?
    Fica a dica!
    E Parabéns, mais uma vez!!!!

    Curtir

  10. Que essa escrota, cuja único projeto a que serviu foi o da introdução do que alguém(não me recordo o nome) ousou chamar de SÍNDROME DA XOXOTA INFANTIL PROSTITUÍDA!!!!!!
    QUE DESCANSE EM PAZ… NO COLO DO CAPETA!!!

    Curtir

  11. Realmente, não dá para acreditar que ela tenha conseguido permanecer tanto tempo na mídia voltada para crianças. É sinal de que estamos numa ladeira sem freio!

    Curtir

  12. Poxa… Perdi esse enterro. Não acredito!
    Nossos brasileiros estamos mal acostumados, essa é a realidade, a sanidade do nosso povo infelizmente foi demolida, onde estão os nossos sonhos? Na novelas ou pogramas da Xuxa na rede globo, a rede de macumba do pais? Pra onde foi a moral a cultura do nosso país?

    Curtir

  13. EXCELENTE!!

    Realmente o povo brasileiro tem ídolos que não são exemplo pra ninguém. Ou são… Exemplos de ignorância e filosofia de boteco.
    Porém, temos gente bem bacana. Inteligente.
    Os estadunidenses também tem ídolos de amargar. Talvez por isso são tão ignorantes. De Michael Jackson a Jesus… Todos eles revelam o perfil social.

    Curtir

  14. “Pergunto-me sobre como a opinião pública pôde tolerar a longevidade do Projeto Xuxa.”

    Pode-se dar qualquer resposta, mas ainda assim vai ser difícil de entender.

    Se viesse um ET pra cá e eu contasse, ele não ia pôr uma fé.

    Curtir

  15. Acho que esse fenômeno que está acontecendo já estava previsto, ao ponto de Nando Reis em sua canção chamada Relicário dizer: “O que está acontecendo! O mundo está ao contrário e ninguém reparou.” Acho também que os culpados foram: Villa Lobos, Anísio Teixeira, Monteiro Lobato, Gilberto Freire, Darcy Ribeiro… dentre outros, que não tiveram longevidade (ao menos de 200 anos) suficiente para continuar lutando contra essa bestialização que está tomando (ou já tomou) conta da sociedade brasileira. É incrível como a estupidez se alastra como uma epidemia!
    Pena não ser burro. Não sofria tanto. E pena também, a inexistência de transplante de neurônios com bastante doadores.

    Curtir

  16. Parabéns! Até que enfim alguém com sanidade para reconhecer o mal que Xuxa, Mamonas e outros imbecis criam na sociedade brasileira. Um dia fomos melhores que isso, nos idos anos 70 a coisa começou a se desintegrar e hoje somos uma sociedade imbecil!

    Curtir

    • Pois é, André.
      Precisamos mesmo separar o joio do trigo.
      Será que é mera coincidência que a decadência de nossos expoentes artísticos esteja sincronizada com o desastre de nosso sistema educacional e nossa falência moral?
      Quem são as pessoas/instituições que lucram com isso?
      Políticos, empresários, mídia?
      Ficam aí as questões. Um abraço.

      Curtir

      • Adorei o site, finalmente alguém que diz tudo aquilo que sonhava. Mas, infelizmente, sabemos que a grande maioria prefere se manter na alienação moral. O que não presta é fácil de absorver, mas o útil (realidade cruel) se torna tramposo, portanto é cômodo permanecer na futilidade. Parabéns pelo site.

        Curtir

Atire uma pá de cal (comente!)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s