Sandy

Sandy Leah Lima

¤ 28/01/1983 –  † 28/01/2010
Candidata à canonização

Epitáfio: “O Haiti é aqui/ o Haiti não é aqui…”
(Caetano Veloso)

Demorou, mas até que finalmente a filhinha do Xororó se rendeu aos apelos do eficiente truque de, na falta de qualquer trabalho criativo para apresentar, fazer-se aparecer pelo triste expediente de meter-se em polêmicas toscas.

É de se entender que, como criatividade não é mesmo o forte dessa dona e nem do gênero das bonequinhas que como ela foram fabricadas, esta estratégia de peidar publicamente na farofa de assuntos que não domina torna-se mesmo o desesperado recurso para conseguir mais alguns quinze minutos de vida sob os “espotelaites”.

A aniversariante do dia ainda quis pegar o rabo de foguete de um artista, para o bem ou para o mal, consolidado (no caso, Caetano) para dar uma certa ‘musicalidade’ e alguma chancela cultural à infelicidade de suas ruminações acerca do contexto social brasileiro, um item aliás, do vasto rol de questões para as quais gente do extrato artístico e econômico ao qual pertence sempre cagou e andou.

Já vinha – desde antes de ter divorciado-se do artisticamente infértil irmão para contrair matrimônio com o criativamente irrelevante Lucas Lima – acusando sinais evidentes de um comovente ostracismo, tanto é que para tirar o vodú recorreu a numerologia: agora quer que a chamem de Sandy Leah (lê-se sandiléa), que aliás é seu nome de batismo em homenagem sim à princesa de Star Wars (apesar das negativas).

Calejado neste dia-a-dia de abre cova – fecha cova, este humilde coveiro que vos fala teme parecer pessimista, mas acho que no caso de Dona Sandiléa, estas providências de última hora chegaram tarde demais, afinal a moça já nos afrontou demais com sua vida pregressa, principalmente por ter se recusado a fazer a única coisa que os machos remanescentes da espécie humana esperavam que fizesse: sair nua na Playboy. Nunca será perdoada!

Protegida em seu castelo de cristal e vigiada por capangas seguranças armados, Sandiléa nem sequer percebeu que o tempo passou e a menininha engraçadinha que dançava na TV cresceu. Não se deu conta de que o processo de tornar-se adulto, principalmente quando se é um personagem midiático, envolve um tipo de cuidado sem o qual a vitrine da vida privada exposta ao público pode ser apedrejada. Precisa entender que a opinião pública não tolerará mais a justificativa de ser ‘de menor’ pelas besteiras que diz ou faz.

E por mais que tente ser imortaaaaaaaalllll, mais esta carreira encontra aqui seu ponto final (a rima foi involuntária).

Material relacionado:
Sandy e Junior do ALÉM


Anúncios

145 Respostas para “Sandy

  1. Gostou dessa, Sandyléa “whatever”?
    Agora vai lá tentar botar banca no programa do velho que “fala, garoto” com um tecladinho yamaha, fingindo saber tocar aquela porcaria, quando o máximo que sai daquele teclado é “din-don” http://www.youtube.com/watch?v=q5Prm9-c_EY.
    É, Coveiro… esta é a razão de viver da burguesia: O importante é “parecer” ao invés de “ser”.
    Viva, Cazuza! A Burguesia fede.

    Curtir

  2. Bem lembrado, Coveiro.
    Esta infeliz levou bomba no vestibular da UINICAMP – esta ela não quis divulgar em todos os meus de comunicação, como a primeira vez que ela ocupou o assento do motorista, como mostrou no programa do padrinho “Chato” Huck (tinha que ser) – e foi obrigada para ir à PUC-Campinas, que o ENADE avalia com a mesma nota que universidades como a UNINOVE. Como ônus: Aí está a high quality das suas lyrics.

    Muito bem colocado. Uma crítica avassaladora faz sempre mais bem do que mal.

    Curtir

  3. Gosto dessa, Sandyléa “whatever”?
    Agora vai lá tentar botar banca no programa do velho que “fala, garoto” com um tecladinho yamaha, fingindo saber tocar aquela porcaria, quando o máximo que sai daquele teclado é “din-don” http://www.youtube.com/watch?v=q5Prm9-c_EY.
    É, Coveiro… esta é a razão de viver da burguesia: O importante é “parecer” ao invés de “ser”.
    Viva, Cazuza! A Burguesia fede.

    Curtir

  4. A Sandy é uma mulher bonita, mas sem graça, falta sal, pequenina deve ter 1,50m no máximo…… fala tudo certinho, mas ela é enjoativa, eu prefiro uma mulher barraqueira e feia de rosto como a Luana Piovani (tem o rosto com fisionomia de um cavalo), mas com um corpo muito bonito, principalmente a parte posterior. Se a Piovani retirasse as suas cordas vocais ela seria perfeita, a bunda dela é demais.

    Curtir

  5. Sinceramente, eu não sei como esse pessoal consegue escrever um parágrafo inteiro sem pontuar nada!! Galera, no mínimo um pontinho final, vai…

    E só lembrando aquela historinha que a Tia Tetéia contou no primário: a vírgula matou um homem!

    Curtir

  6. Um bando de invejosos, a mulher canta pra caralho, se vocês não gostão tudo em mais falar mal de uma menina mulher como a Sandy é sacanagem , nunca fez nada de errado na vida , sempre foi simples e verdadeira, casou, está fazendo carreira como artista e o que vocês querem mais, te garanto que se ela topasse possar nua para qualquer revista todos vocês comprariam , bando de recalcados, inveja e uma merda, quem de vocês não queriam estar no lugar dela, babacas e anti-sociais…hahahahahah p/ vocês
    Gabriel Fillype Ferraris ( fillypeferraris@yahoo.com.br.

    Curtir

    • Ai, ai, ai … Meu filho para de perder tempo assistindo Faustão, Eliana, Gugu e CIA. e veja o real intuito do blog. Acorda pra vida mané !!!

      Curtir

  7. Foi nossa querida mídia brasileira quem canonizou a Santa Sandy. Menina recatada, primeiro namorado aos 20 anos, nunca beijou, aluna aplicada da Faculdade de Letras da Unicamp, enfim: a nora perfeita … A mídia falhou feio em endeusar a doce, pura e castíssima filha de Xororó. Pena que não seguiu os passos do pai e do tio, fazendo de seu sucesso um legado para futuras gerações. Assim como ela, Wanessa Camargo, Junior Lima, Fiuk e Cia. LTDA pegaram o sucesso de seus genitores e fizeram disso uma cópia mal feita que chamamos de poluição sonora-visual. Parabéns grande coveiro, aguardo ansiosa por novos velórios .

    Curtir

  8. Agora a Sandy é a garota propaganda da cerveja Devassa, substituindo Paris Hilton! Meu Deus!!! Azedou a cerveja! Que tragicomédia….nada haver! Sem comentários. Quanto pagaram para essa porqueirinha se meter nessa empreitada que não tem nada com ela, para ter o retorno de se promover? Fizeram acordo, só pode. E a mídia puxa saco quer agora desenterrar essa peça já apodrecida….Poderia colocar até a Preta Gil lôra, pelo menos iria ser engraçado….falando sério, tem tantas louras aqui no Brasil que seria perfeita garota propaganda de cerveja…uma das paniquetes, por exemplo! Sandy é deboche!

    Curtir

    • Mirian,
      os anunciantes adoram brincar com a (falta de) inteligência do público, sobretudo os bebedores de cerveja cujas faculdades estão prejudicadas.
      Se você analisar com atenção, propagandas de cerveja sempre atentam contra a razão. É que os estagiários de marketing que as criam estão sempre com a cara “trincada” das mesmas cerveja que vendem. No minimo!

      Curtir

  9. minha mae coitadinha, vive a exaltar e a idolatrar essas pseudo-celebridades, pseudo-artistas, bem q eu tento abrir os olhos dela mas eh impossivel, ela me ve como uma criança, mas pelo menos manifesto minha opiniao. rsrsrs parabens pelo blog, vc chegou a comentar sobre o sergio mallandro??

    Curtir

    • Marciano,
      Sérgio Mallandro ainda não deu o ar da (des)graça.
      Eu até alimentava uma certa tolerância à sua figura abertamente folclórica mas isso se desfez depois de sua pífia (para dizer o mínimo) participação em “A Fazenda”.
      Bem, mas o que diabos havia de se esperar de “A Fazenda”?

      Curtir

  10. ……….ahahahahahahahahah……… A defunta parece a letra i… Que comparação original. Adorei!…..Por isso vivo neste Cemitério, sempre aparece gente boa!!

    Curtir

  11. …Sandy, a “priminha” certinha da rebelde wanessinha camargo? Ai, meudeus! …me desculpem os que gostam delas, mas elas são chatas para carila! Sandy nem para Sexy! Antes a Geisy Arruda, pelo menos a Geisy (apesar de tuuuudo) tem mais graça e carne. A Sandy parece a letra i, só cabeção.

    Curtir

  12. Você acha que você o dono da verdade?
    Kkk…
    Realmente tem gosto pra tudo, e aposto que você gosta de merda!
    Diz aí de quem tú gosta, e diz desde quando tú gosta, diz o porquê, prova que suas letras são um máximo, e diz se o artista é da tua época.
    Quantos cds vendeu, se ainda tá vivo, se não é escroto…
    Tem que ser brasileiro!
    Vamos ver só… Pelo visto esse artista te infuenciou muito mal, ou a falta de ter um preferido, te fez uma pessoa infeliz, que passa a vida pegando no pé de quem nem te conhece e que tem um público que os adimira.
    Hi, não é a toa, tanto falatório… Será inveja, pré-conceito, ou será só apenas expressão de uma personalidade chata?
    Há, não esquece de responder aquela questão do artista que vc gosta, tá?
    Bjú e que Deus ilumine essa sua cabecinha problemática!

    Curtir

  13. Pela primeira vez sou obrigada a discordar parcialmente de você, Coveirinho.
    As músicas podem ser chatas como a dona da voz,mas pelo menos ela é afinada,nisso a Sandy escapa.
    Se bem que em questão de voz,prefiro a de Patricia Marx.Ela sim,deveria ter mais espaço na mídia.Ouça a música: “Espelhos d’água” interpretada por Patrícia e chegarás,talvez,a mesma conclusão.
    De qualquer modo,fica claro que as críticas que você faz,não tem o intuito de denegrir ninguém,pois contra fatos não há argumentos.
    Mantenha-se firme com sua personalidade,os inteligentes são uma minoria,mas sempre sobrevivem.

    Curtir

    • Vamos lá, Roze.
      Minha crítica à Dona Sandilea não tem relação com sua capacidade vocal, mas com as atitudes de uma figura pública que, se quisesse, poderia nos poupar deste expediente de tentar transformar detalhes de sua vida comezinha em acontecimento midiático.
      Apesar do texto sofrer os efeitos colaterais da época em que foi escrito, permanece – por incrível que nos pareça – válido, já que, de acordo com a concatenção de fatos ocorridos desde a sua publicação, tudo nos leva a crer que Sandilea parece realmente disposta a figurar eternamente no ‘Hall da Fama’ das celebridades dispensáveis.
      Patrícia Marx, que realmente construiu uma obra relevante numa espécie de exílio na Europa, jamais terá espaço no atual contexto onde grassa a mediocridade. Será sempre uma célebre desconhecida.

      Curtir

  14. Eu só vou dizer algo sobre a primeira pessoa que comentou láaaa no alto:

    se a Sandy mora em meu coraçao….

    PELO AMOR DE DEUS, ALGUEM ME MATA, ALGUEM ME MATA AAHHHHH!!!!

    Coveiro, abre uma cova pra mim e me enterra!!!!

    A Naty, disse que ela mora no meu coraçao eternamente……

    no, no, no, no, no………………………………………

    Curtir

Atire uma pá de cal (comente!)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s