Pedro Bial

Pedro Bial

¤ 29/03/1958 –  † 17/02/2010
Biógrafo de Roberto Marinho

Epitáfio: “A morte, por si só, é uma piada pronta(Pedro Bial)

Poucos talvez se lembrem, mas quando a Rede Globo lançou o projeto Big Brother Brasil, duas figuras do cast da emissora receberam (aleatoriamente?) a tarefa de apresentar o show-maior da mediocridade da televisão brasileira: a ex-sex simbol e atriz Marisa Orth e o até então jornalista Pedro Bial.

Desiludida e desanimada da tarefa camicase de atirar a própria carreira na lata do lixo, Marisa Orth fez de tudo para ser convenientemente afastada do BBB já que era evidente, para o público e para a crítica,  a muito sólida disposição de Bial por refestelar-se dos dejetos culturais de semi-celebridades rasteiras. Não havia como competir com o jornalista.

A saída (pela direita) de Marisa, legou ao telespectador desavisado uma parcela de tempo maior para que Pedro Bial espertamente ocupasse com seus (propositalmente?) desestimulantes poemas, com suas intermináveis e cacofônicas ponderações e suas ultrajantes tentativas de travar diálogo com os igualmente ultrajantes brothers da casa ‘mais vigiada do Brasil’. Havia um vasto horizonte de novas e aborrecidas maneiras de se afrontar a inteligência de quem ousasse sintonizar a emissora do plim-plim depois da novela. E nesse aspecto, o apresentador mostrou inédita competência para explorar estas possibilidades de forma radical.

Com um currículo marcado por coberturas jornalísticas em acontecimentos históricos relevantes a partir de cenários como Londres, Berlim e Moscou, decidiu então utilizar o Big Brother para inaugurar oficialmente sua guinada ao lado escuro da Força.

Sua obra epilogal, o livro Roberto Marinho, foi definido pela revista Época como uma biografia escrita “no intuito de humanizar aquele que foi uma das mais importantes figuras da História do Brasil”, o que representa por si somente, um sepultamento em vida e uma piada dentro da piada tendo-se em mente o que é a revista Época e o nefasto papel que Roberto Marinho (o fundador da Rede Globo) desempenhou na história recente do país.

Desta forma, por decisão de 95,7% do público deste blogue que votou pela Internet, você, Pedro Bial é quem agora deve ser sepultado no Cemitério das Celebridades. Pode cumprimentar seus parceiros de cova!


Anúncios

99 Respostas para “Pedro Bial

  1. Queria nunca mais poder ouvir aqueles poemas escrotos que ele narra ! É de doer nos ouvidos, além da causar náuseas. Coveirinho, congratulations !!!

    Curtir

  2. Uma singela sugestão showrnalística – Marília Gabriela, que deu vexame na entrevista com Madonna com suas perguntas ‘cult Almanaque Biotônico Fontoura‘ (ver You Tube).

    Curtir

  3. Poeta. Testemunha da história do final do século XX. Cocainômano contumaz.

    Uma pessoa cujos paradigmas e corolários sobre a Comunicação Social na virada do Milênio ficará para sempre nos anais (e retais) da História. Nem com toda a lavagem intestinal do mundo, perpetrada à Pinho Sol e Vasol.

    Curtir

      • Tão celebrado por gente mais rasa ainda. Consideram este sujeito a fina flor do jornalismo e da eloquência fajuta pesquisada com certeza em googles internéticos. O lero lero rico em frases que pretendem efeito na turba imbecilizada pelos estereótipos globais que fica deslumbrada com citações chinfrins em programas(?) medíocres que exploram sexo, bombas e bundas.

        Curtir

  4. Todos têm a opção de piorar ou melhorar suas vidas, não é ? a carreira do Bial foi por aí, teve grande ascenção, mas como tudo que sobe desce… beijou a lona; compartilha escandalosamente com a globo a nos empurrar garganta a baixo, comportamentos e conceitos baseados em pessoas vazias, atraves de um programinha pífio. Precisamos ficar atentos.

    Curtir

  5. Gostei muito de seu blog, tens razão em seputar esse pessoal, principalmente esse sensacionalista. O próximo deveria ser era o Datena.

    Curtir

  6. Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhh como eu nao queria mais ter que ouvir…..

    “De voooooooollllllltaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!! Estamos de vooooooooooooooooooooooooltaaa!”

    …….

    Curtir

  7. Muito bem!!!
    Esse aí foi uma grande, medonha decepção para a categoria dos jornalistas… Não só por se esforçar em supervalorizar a situação medíocre que é conversar com uma tela de plasma com diversos imbecis do outro lado, confinados em uma casa de onde, para o bem geral da sociedade, nunca deveriam sair, mas também por se declarar um tremendo puxa-saco de um dos homens mais FDP que a história do jornalismo e da comunicação deste país conheceram, escrevendo uma biografia para “humanizar” Roberto Marinho.
    É o fim!!! A prostituição do jornalismo. Gostaria de escrever um poeminha de despedida para o Bial neste momento de dor, mas ainda não convivi tempo suficiente com tanta futilidade para criar aquelas pérolas como ele. Espero, pelo menos, que seu esquife possua um olho mágico para ele poder dar “aquela espiadinha” na lamentável casa para onde ele vai…

    Curtir

  8. E tão ruim quanto as filosóficas ponderações deste chato e sua saudação “salve, salve”(salve-se quem puder!), são as risadas do Celso Portinhola e a terrível risada da colega dele nas domingueiras, Eliana. É um nojo!

    Curtir

  9. CoUve, breve devemos esperar por aqui o Daniel lá da Bahia, aquele do doutorado. Imagine se ele não acha o falecido aí um exemplo de literatura digna do Nobel. Porque pra ABL ela já deve estar sendo requisitado. Coitado do Machado…

    Curtir

  10. Errata:

    Nao, o “Caveirinho” aí de cima, nao foi proposital… foi erro mesmo…

    os dedos digitam mais rapido do que o cérebro processa as informaçoes…

    Desculpe ter trocado o Coveirinho por “Caveirinho”… nao ocorrerá mais, prometo hehehe.

    Curtir

  11. Poxa, Caveirinho,

    “decidiu então utilizar o Big Brother para inaugurar oficialmente sua guinada ao lado escuro da Força.”

    voce falando assim, vai magoar o Darth Vader, né?

    ho ho ho ho ho ho ho ho ho!!!!

    Muito bom, ja vai tarde o senhor “estamos de vooooolta!”…

    Esse texto do Bial, na minha opiniao, só “perde” para o da titia Ivete…

    ^^

    Curtir

  12. Viva a tecnologia!!!!
    que bom que temos um veículo – ainda que limitado – para expressar nossa indignação! É, de fato, motivo para se comemorar. E o melhor de tudo é começar com uma crítica à toda poderosa Rede Globo de televisão. O problema é que a educação ainda está em terceiro plano, do contrário, programas como Casseta e Planeta (que já deu o que tinha que dar) não mais existira. Prova maior é o “inteligente jornalista” Pedro Bial se sujeitar ao ridículo papel de convidar-nos a dar um espiadinha!!!!Mas somos um país democrático e como o Zagalo temos que engolir. Já que é assim, vamos dar vida ao controle remoto e pra quem gosta de rir, uma boa pedida é o CQC da Band, que traz além de lindos e interessantes apresentadores, um humor irreverente, sensacional e o que é melhor inteligente!
    E viva a liberdade de escolha!!!!!!!!!

    Curtir

    • Engano seu ao dizer que educação em Pindorama está em 3º lugar, MADU. Pode ser que esteja, mas só em época de propaganda eleitoral. No restante do tempo figura talvez no final da lista de prioridades, se a gente tiver sorte. Tempos nebulosos, horizontes estreitos, Madu.

      Curtir

  13. O melhor programa da Globo ainda é o Telecurso seguido Globo Rural, do restante as vezes ouço falar. Será que poderia mandar junto o Boechatto, o Louro José, Willian Bonner e seu pijama, Didi e o Galvão Bueno? Só prá aproveitar o buraco!

    Curtir

  14. Eu estou simplesmente cagando de rir !!! Isso é o que eu chama de tara por se arrolhar. Depois de Bil, qualquer tentativa de lascar na vida é manual de auto-ajuda para o sucesso.

    Ah, o BBB10 terminou 33% com menos ponto no IBOPE em relação ao primeiro. kkkk E olha que a lápide acima foi entalhada antes do fim trágico.

    Curtir

  15. Tentar impedir o Bial de suicidar-se? Ahm…não ajudar nem com a corda? Tá bem: um fio de linha de crochê e não se fala mais nisso!!!!! A gente brinca com o que é sério. Mas, sinceramente, duvido que ele algum dia fizesse isso por esse motivo(domínio das massas). Vivemos num mundo de vaidades e inversão de valores. Bial já está contaminado. Estou passando o blogue do Coveirinho e do Luciano para colegas meus. Meu trabalho é com os pequenos, faixa etária de 9-10anos, 40 hs em sala de aula. Procuro adaptar minhas idéias e debates ao nível deles. Mas, conversando hj com uma pessoa mente aberta, disse o que digo sempre: lavamos e limpamos o porquinho td dia, mas ao final de cada período, devolvemos o bichinho pro chiqueiro. Ah, Coveirinho! Dureza essa vida…

    Curtir

Atire uma pá de cal (comente!)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s