Fiuk

Filipe Kartalian Ayrosa Galvão

¤ 25/10/1990 –  † 04/05/2010
Emocore dietético enquanto não surgir outra moda

Epitáfio: “É um mundo muito vazio…”
(o próprio, em entrevista à revista Atrevida)

Eis que nos deparamos com esta mais nova demonstração de que a máquina televisiva de produzir imbecis continua operando a todo vapor. Também não é pra menos. Dadas as intervenções das talifãs do natimorto Luan Santana nesta necrópole, constata-se que a demanda por produtos e conteúdos cada vez mais previsíveis e anêmicos continua aquecida.

Artisticamente parido pelo forceps da patifaria bipolar-emocore Hóri, Fiuk tira grande partido de sua semelhança com o pai galã para amealhar um rebanho de mocinhas e mocinhos, que na carência absoluta de modelos que lhes possam ser mais inspiradores numa fase da vida reconhecidamente difícil, aceitam qualquer boneco de vodu que lhes seja apresentado como ‘grande novidade’ pela banda podre e mercenária da mídia.

Sua biografia de cinco parágrafos – dos quais três são dedicados a contar a folclórica história de como a banda Hóri foi concebida sob a proteção dos muros de um luxuoso condomínio – não inspira, numa análise preliminar, grandes expectativas quanto a alguma realização maior que a de ser filho do galã vintage Fábio Jr. e meio-irmão da tão-e-somente boazuda Cléo Pires.

Um eventual aprofundamento desta análise prenuncia um mergulho no mais absoluto nada, pois se o Julio Iglesias genérico, Fábio Jr., não é lá grande coisa em termos de criatividade, o jovem Fiuk sequer esboça intenção ou condições de apresentar alguma fórmula criativa, por ‘batida’ que seja.

Desde 2009, o cantor-ator estagiário tenta dar vida a Bernardo, na sofrível 17ª. temporada do (desde sempre) senil folhetim Malhação ID, em performances que cumprem o esperado, ou seja, sofríveis até mesmo para um programa cuja proposta é ser repositório de novas e velhas criações da Vênus cada vez menos Platinada.

Para aqueles que não tem o menor interesse em perder parte de suas vidas com inutilidades como Malhação ID, ou lixo que o valha, segue um breve e ilustrativo prospecto do personagem, retirado de um release da nova temporada da trama infantil e que poderá servir como mais um motivo para manter a televisão desligada durante a tarde:

“Bernardo é um garoto do bem, mas mimado e irresponsável. Filho de pais ricos, sempre teve tudo o que quis. Gosta de viver o presente intensamente e, de preferência, com muita diversão. Tem três paixões na vida: passear em seu balão, jogar hóquei sobre patins com seus amigos e se divertir com as garotas. Bonito e carismático, é disputado por muitas meninas, entre elas, Tati e Bia. Se apaixonará de verdade por Cristiana”.

Valei-me minha Nossa Senhora Desatadora dos Nós!

Uma característica de Malhação sempre foi a alienação de uma trama que não pula para fora dos muros da realidade plastificada das fortalezas-condomínio, mas agora ficou claro de que não se trata de historinhas e personagens alienadas, mas de historinhas e personagens alienígenas.

Aliás, essa novelinha em que o rapaz tenta simular algo que se possa considerar atuação, já revelou gente da competência de Marjorie Estiano, que como numa sacerdotal humilhação final à sua infortunada aventura fonográfica, nos brindou em horário nobre com seu risível desempenho encarnando a personagem Maria Paula, no melodrama Duas Caras.

Mesmo prazer Fiuk não nos propiciará, pois dado o presente sepultamento, qualquer outro projeto seu naturalmente se inviabiliza, para alívio do público em geral.

Material Relacionado:
Fiuk corta o cabelo errado e pode sumir de Malhação ID


Anúncios

315 Respostas para “Fiuk

  1. Olha eu acho ridículo essa história de ficar matando os outros! Como já disseram: seria melhor que fosse uma jasmim e não um cemitério.

    Curtir

  2. Olha o naipe dessas desclassificadas?! Nem tiveram a capacidade de entender a finalidade do blog. Fiuzinho? Ah, vão se f………!

    Curtir

  3. Ah,vai procura o que faze!Qual eh a graaça de fica matando os outros?,principalmente o Fiuk,um garoto cheio de talento….Quem vai acaba sendo sepultado aqui e,bem rapidinho eh vc,seu desocupado…..Isso eh mt coisa de criança,q brincadeira de mau gosto!

    Curtir

    • Ah, Jady. Liga não. É inveja, sabe? O Fiuzinho tem muito talento, por isso ele conquista fãs inteligentes e articuladas como vc.

      Curtir

    • Convenhamos, só por conseguir colocar a lingua na ponta do nariz e fazer uns gemidos estranhos, além de ser filho de gente rica, não o faz se destacar na multidão. O único talento que o fiuk detem é o da garoto…. Sou obrigado a escutar esse tipo de barulho corrigido completamente por computadores. Me diz o que ele trouxe de novo para nossos ouvidos? Já que gostas tanto adota e leva para longe da humanidade. Ele tem muito talento para, lixeiro, guardador de carros, cenario…. Dica: recupere seu tempo perdido com esse nada lendo um livro, fazendo viagens e amando quem de fato vale alguma coisa p voce!

      Curtir

  4. Coveirinho: Vc. tá enterrando uns/umas bagaceiras que não vale a pena, deixe-os insepultos, comidos pelos urubús. Tem tanto “artistas” merecendo um sepultamento digno.

    Curtir

  5. ba mas como são infelizes ,vocês não tem o que fazer né ? matando o Fiuk que ta bem vivo assim como um monte de famosos que vocês mataram nesse blog idiota ai ! se vocês querem chamara atenção montem um site mais interessante por que esse ai ta horrivel igual a cara de vocês né seus recalcados do inferno !

    Curtir

Atire uma pá de cal (comente!)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s