Fiuk

Filipe Kartalian Ayrosa Galvão

¤ 25/10/1990 –  † 04/05/2010
Emocore dietético enquanto não surgir outra moda

Epitáfio: “É um mundo muito vazio…”
(o próprio, em entrevista à revista Atrevida)

Eis que nos deparamos com esta mais nova demonstração de que a máquina televisiva de produzir imbecis continua operando a todo vapor. Também não é pra menos. Dadas as intervenções das talifãs do natimorto Luan Santana nesta necrópole, constata-se que a demanda por produtos e conteúdos cada vez mais previsíveis e anêmicos continua aquecida.

Artisticamente parido pelo forceps da patifaria bipolar-emocore Hóri, Fiuk tira grande partido de sua semelhança com o pai galã para amealhar um rebanho de mocinhas e mocinhos, que na carência absoluta de modelos que lhes possam ser mais inspiradores numa fase da vida reconhecidamente difícil, aceitam qualquer boneco de vodu que lhes seja apresentado como ‘grande novidade’ pela banda podre e mercenária da mídia.

Sua biografia de cinco parágrafos – dos quais três são dedicados a contar a folclórica história de como a banda Hóri foi concebida sob a proteção dos muros de um luxuoso condomínio – não inspira, numa análise preliminar, grandes expectativas quanto a alguma realização maior que a de ser filho do galã vintage Fábio Jr. e meio-irmão da tão-e-somente boazuda Cléo Pires.

Um eventual aprofundamento desta análise prenuncia um mergulho no mais absoluto nada, pois se o Julio Iglesias genérico, Fábio Jr., não é lá grande coisa em termos de criatividade, o jovem Fiuk sequer esboça intenção ou condições de apresentar alguma fórmula criativa, por ‘batida’ que seja.

Desde 2009, o cantor-ator estagiário tenta dar vida a Bernardo, na sofrível 17ª. temporada do (desde sempre) senil folhetim Malhação ID, em performances que cumprem o esperado, ou seja, sofríveis até mesmo para um programa cuja proposta é ser repositório de novas e velhas criações da Vênus cada vez menos Platinada.

Para aqueles que não tem o menor interesse em perder parte de suas vidas com inutilidades como Malhação ID, ou lixo que o valha, segue um breve e ilustrativo prospecto do personagem, retirado de um release da nova temporada da trama infantil e que poderá servir como mais um motivo para manter a televisão desligada durante a tarde:

“Bernardo é um garoto do bem, mas mimado e irresponsável. Filho de pais ricos, sempre teve tudo o que quis. Gosta de viver o presente intensamente e, de preferência, com muita diversão. Tem três paixões na vida: passear em seu balão, jogar hóquei sobre patins com seus amigos e se divertir com as garotas. Bonito e carismático, é disputado por muitas meninas, entre elas, Tati e Bia. Se apaixonará de verdade por Cristiana”.

Valei-me minha Nossa Senhora Desatadora dos Nós!

Uma característica de Malhação sempre foi a alienação de uma trama que não pula para fora dos muros da realidade plastificada das fortalezas-condomínio, mas agora ficou claro de que não se trata de historinhas e personagens alienadas, mas de historinhas e personagens alienígenas.

Aliás, essa novelinha em que o rapaz tenta simular algo que se possa considerar atuação, já revelou gente da competência de Marjorie Estiano, que como numa sacerdotal humilhação final à sua infortunada aventura fonográfica, nos brindou em horário nobre com seu risível desempenho encarnando a personagem Maria Paula, no melodrama Duas Caras.

Mesmo prazer Fiuk não nos propiciará, pois dado o presente sepultamento, qualquer outro projeto seu naturalmente se inviabiliza, para alívio do público em geral.

Material Relacionado:
Fiuk corta o cabelo errado e pode sumir de Malhação ID


Anúncios

354 Respostas para “Fiuk

  1. Zelinha,

    Já estou até pensando nas compras que farei por lá…eheheh….Perfumes, tênis, eletroportáteis, eletrônicos, etc.etc.etc.etc.etc…eheheh….Vou fazer a festa lá nos U.S.A………………………………….
    Quanto a sua dúvida sobre o significado de DEFAMAR, aí vai resposta:

    DEFAMAR = ELOGIAR, FALAR BEM DE ALGO OU ALGUÉM

    EX.: O COUVErinho defamou o Lulu.
    (O tempo usado neste caso é o INTRATEMPORAL INDIRETAMENTE DIRETO). Significado: o Couverinho disse que o Lulu é um cara muito legal e talentoso. Deu pra entender? Espero que sim. 😉

    Curtir

  2. Com toda essa sua facilidade de expor suas ideias, perfeitamente compeensíveis em quaalquer esfera até não erudita, diga-me uma coisa, caro Luiz: vc não gostaria de se candidatar a presidente dos E.U.A. ? Pq pelo Brasil, acho coisa pouca, teu futuro pertence ao mundo, todos devem ler, ouvir, decodificar tuas experiências filosóficas. Pense nisso, Luiz. Maria Cristina poderia ser tua secretária de estado. Mas dos E.U.A., não daqui onde vc seria até, quem sabe, ser uma celebridade meio obscura.

    Curtir

  3. Oi Ane!

    Que bom que você entendeu nosso ponto de vista paradoxal incandescente…..Sabe como é, com tanta iMveja e puta falta de sacanagem, nada mais nos resta do que esperar por 2012 com muita anCiedade!!! Beijos pra você também.

    Curtir

  4. Fico realmente grato em estar sendo claro em minha dissertação. Tendo em vista que, todo o cuidado em identificar pontos críticos na constante divulgação das informações possibilita uma melhor visão global do sistema de participação geral.

    Para tanto, é necessário um empenho em analisar a adoção de políticas descentralizadoras facilitando a criação do retorno esperado a longo prazo. É claro que o aumento do diálogo entre os diferentes setores produtivos oferece uma interessante oportunidade para verificação das formas de ação.

    Não é uma tarefa fácil, mas acredito fielmente que estamos no caminho certo. Iniciada esta, pelo nosso caro escritor Coveirinho Pop, que com palavras profundas e muito bem embasadas, conseguem atingir públicos, antes perdidos na multidão, reunindo-os num só debate.

    Vale ressaltar ainda, que as experiências acumuladas demonstram que o início da atividade geral de formação de atitudes causa impacto indireto na reavaliação das regras de conduta normativas. Estas quais, podemos evidenciar de forma clara e concisa.

    A filosofia paradoxal contribui, de maneira excelente, para a evolução da espécie. Um assunto extremamente importante levantado por Maria Cristina e Zélia. Meus sinceros agradecimentos a vocês. Aguardo também as formulações sobre o assunto da nossa amiga Ane.

    E aproveitando este espaço, respondendo a pergunta da Maria Cristina: Não seria uma boa idéia que eu entrasse no meio político, pois, em meio de tanto lixo sendo jogado aos defuntos que ainda vagam por esta terra mais garrida, onde os campos já não tem tantas flores, eu entraria em estado de loucura e pediria exílio no jardim do Édem. Todos nós precisamos de um descanso!

    Curtir

  5. É isso aí Luiz, Concordo plenamente contigo!!! É muito bom ler um texto tão lúcido e conciso quanto o seu e, com certeza, ele será de grande utilidade para a disseminação da filosofia paradoxal. 😉

    P.S.: O Coveirinho está concorrendo ao cargo de presidente, por que você não concorre como vice dele???? Pense no assunto.

    Curtir

  6. Mas perfeitamente compreensível, não é, Maria Cristina? De minha parte, acho que seu dicionário é dispensável porque sua ideias tiveram uma conotação específica que atingiu o alvo de sua atenção e também nossa, não mesmo, Coveirinho e Cris? E vc, Ane, o que acha? Sei que tu és especialista em astronomia e análises de poesias, mas com certeza entendestes essas divagações.

    Curtir

    • haha Zelia, me atirei pelas paredes de tanto rir. Maria Cristina e Luiz foram impagáveis. Tudo meio paradoxal, mas tamos indo hahaha
      Os fãs nos comentários andam ortodoxos e diria até mais, extremamente fundamentalistas.

      Chega 2012! Chega apocalipse! hehe
      Apaguem as chagas da iMveja e da puta falta de sacanagem!

      Bejos Zelia
      Bejos Luiz
      Bejos Maria Cristina
      Bejos CoUve
      E um bejo pra minha mãe, pro meu pai e pra todo mundo =P

      Curtir

  7. Zélia, Maria Cristina, Coveirinho e demais leitores:

    O que temos que ter sempre em mente é que o acompanhamento das preferências de consumo aponta para a melhoria das condições financeiras e administrativas exigidas. Por conseguinte, o novo modelo estrutural aqui preconizado oferece uma interessante oportunidade para verificação das diversas correntes de pensamento.

    A nível organizacional, a determinação clara de objetivos obstaculiza a apreciação da importância das condições inegavelmente apropriadas. A prática cotidiana prova que o julgamento imparcial das eventualidades facilita a criação da gestão inovadora (ou não) da qual fazemos parte.

    Podemos já vislumbrar o modo pelo qual o desenvolvimento contínuo de distintas formas de atuação cumpre um papel essencial na formulação do investimento em reciclagem técnica. As experiências acumuladas demonstram que a constante divulgação das informações pode nos levar a considerar a reestruturação dos índices pretendidos.

    Não obstante, a percepção das dificuldades facilita a criação do levantamento das variáveis envolvidas. Aa percepção das dificuldades auxilia a preparação e a composição do fluxo de informações.

    Gostaria de enfatizar que o fenômeno da Internet acarreta um processo de reformulação e modernização das novas proposições. Vejamos os exemplos de falta de conhecimento na nossa língua pátria, portuguesa, por estes fãs enlouquecidos, desesperados e despreparados num intuito de tentar atingir ao nosso escritor, que aqui divulga com veemência sua forma de pensar utilizando-se de palavras deveras difíceis de serem interpretadas por estes seres da nova geração.

    Todas estas questões, devidamente ponderadas, levantam dúvidas sobre se a estrutura atual da organização prepara-nos para enfrentar situações atípicas decorrentes das condições inegavelmente apropriadas.

    Enfim, acho que é isto. (como não tenho um português tão bom quanto o de vocês, utilizei-me do meu dicionário, chamado: lero-lero)

    Curtir

  8. Maria Critina, o desenvolvimento de sua colocação é deveras interessante. Acredito que seu pressuposto filosófico primordial, deu realmente a entender este paradoxo indefesso de nossa sociedade atual onde o convexo insipiente abarca e destrói a resistência de fusiilidade calibrada. Mas sendo intimorata, para que a órbita equatorial não mais entre em choque com a meridional, repenso minha cessão e concedo a cessão irrevogável da musicalidade exemplifiicativa que avança inexoravelmente sobre a humanidade em desencanto, tão exaustivamente citada por Proust.

    Curtir

  9. Zelia,

    O paradoxo da órbita equatorial nos remete a diretriz convexa da sociedade comparativa absoluta. Se, subjetivamente, tomamos como exemplo a atualidade atual exemplificativa, temos a resolução antagônica de tudo no universo. 😉

    Curtir

  10. Muito bom…mas venhamos e convenhamos q o Fiuk só tá na Malhação por ser filho do Fabio Jr, assim como um outro q entrou só pq era cunhado do Ricardo Waddington. Ali não precisa de talento.
    Qto ao enterro, só lamento pelos q tem ouvido de penico pra escutar isso e comfundir com o bom e velho rock de verdade.

    Curtir

  11. meu deus caaaaara,quanta fã alienada,vão pro inferno com esse puto,e vão aprender oque é musica de verdade,tipo,vão ouvir Guns N’ Roses,Aerosmith,Metallica,Black Sabbath entre outros,vai ser a melhor coisa que vcs vão fazer nessa vida de vcs!

    E parabéns pelo site,ele é muito bom

    Curtir

  12. Sim, sim, sim !!!! É isso mesmo!!! A boquinha do Coringa………..Boquinha esta que também parece com a de algumas “famosas” que fizeram aplicação de botox, silicone, etc..etc..etc..etc… 😉
    Zelinha como sempre muito observadora…..

    Curtir

    • Falando em bocas, Cris, faz tempo que não vejo” + Você” com a cacatua do Louro José, vejo em épocas de férias antes de ir pra praia respirar longe do trabalho enquanto passo bloqueador. Mas acredito que ela continue falando como ventríloqua. De tanto botox, ela ri e fala sem mexer a boca, vc reparou já? Um abraço, Cris. Vamos continuar a ronda pelo cemitério, dando nossos palpites e levando chuva de pedras das enllOqueÇidas pelos ídAlos cheios de vento.

      Curtir

  13. Nas minhas leirturas noturnas e também nos pesadelos que povoam meu trabalho insano de limpar porquinhos todos os dias e todos os dias devolvê-los ao seu chiqueiro, acabei descobrindo com quem a marca registrada que o Fido pai tranmite à sua prole. É a boca. E a boca corresponde ao arquiinimigo de Batman, o Coringa. Deem uma olhadinha no Fido(filho) e digam se não há semelhança…

    Curtir

  14. Sim sim Luiz, desejamos uma contagem, por favor.
    Parece praga essa palavra. A pessoa agora olha escrito ‘inveja’ (e todas suas variantes mal escritas) e já se benze, invoca forças do além, pensa que o mundo tá perdido e constata que está mesmo e sobra apenas se benzer. Que horror… Por onde andas, Ó Pai? Oh Deus!

    Campanhas para um mundo melhor e sem chagas como a iNveja e a puta falta de sacanagem:
    – Chega 2012!
    – Adote um órfão da Família Hori e Restart.

    Bejo Luiz

    Curtir

  15. Ao analisar este enterro, pude notar também (além da puta falta de sacanagem hauahuaha) o aparecimento da palavra mágica que acompanha o meteóro caído. Vocês querem encomendar uma contagem desta palavra para fazermos novas estatísticas?

    Qualquer coisa estamos aqui, sempre apostos!

    Curtir

    • Luiz…É vc, Luiz? Voltou, meu amigo? Andava onde? Senti tua falta nestes velórios, me senti sózinha, perdida neste SemINterio maUdito onde matÃO lindos e fofos meninos como Lulu, Lelê, Fido… Ah, é, eu vi que importaram a palavra mágica do velório do meteoro. Que coisa! Mas é pior que piolho em cabeça de criança no inverno, espalha logo. Eu aprovo a contagem de…uhmmmm, aquela palavra, sabe? Não quero aumentar as estatísticas.

      Curtir

    • Cris, coMcordo com vc. O Lulu tá dando o que falar e o do Fido começou devagar, mas já tirou as histéricas fãs enlouqueÇidas do sério. Muito bom andar pro aqui e ver a transitoriedade do sucesso de algumas almas penadas que vagam (querendo, vc troca o v por c.Fica bom também!).Ah, Cris, a gente vai rir bastante ainda. Já levei uma maldição no velório do parente do Lulu, o Lelê. Dá uma olhada e aproveita pra desestressar.é o que mais aparece por este cemitério: inveja, pragas, loucas e analfabetos de todo tipo e gênero.

      Curtir

  16. RESUMINDO FIUK PRA QUEM NAO CONHEÇE = nao sabe cantar.. nao sabe atuar. se veste mal ,, i por sinal e um EMO …….I ta na globo por causa do pai sim … i se vinherem dizendo q foi por causa do filme foi o pai dele q influenciou pra ele participar do filme simm i tenhu fontes seguras q foi isso.

    A PIOR MALHAÇAO DA DECADA SE EXPLICA EM 5 LETRAS F-I-U-CK

    VAI VAI EMO………. VAI APRENDER A CANTAR I ATUAR

    essa e minha singela opniao

    Curtir

  17. Pingback: Jaba com Fel | Blodega.com - Doses de Humor e Informação bem Servidas

  18. Não resisto… Trabalhando mas PRECISEI entrar no CC. Vício? E vi que a Cris apareceu aqui nesta sala mortuária. Como disse, não RESISTI e fui lendo as últimas. Vixi!! Aquela palavrinha, sabe?, a palavrinha que não devemos repetir, se estendeu do Lulu até outras paragens. Isso pega? Peste…será? Quando surgiu a 1ª vez, a humanidade era um cascão só e por isso, a peste se disseminou. Com a descoberta da HIGIENE, a peste foi sendo eliminada (um resuminho fraquinho, mas basicamente foi isso mesmo). Agora, o caso é mais grave. Tem a ver com HIGIENE MENTAL e não é qualquer balde d’agua e sabão que vai garantir a peste de continuar se propagando. Precisa MUUUUUUITO boa leitura. Isso requer um longo, muito longo tratamento. Oi, Cris! Bj. Agora, de volta ao chiqueiro….

    Curtir

  19. Coveirinho,

    Não precisa agradecer, pois o que é bom é para ser apreciado…..eheh….e também nunca se sabe se um dia irei precisar dos servicios de adevocacia do sr. dr. RÕmulo 😉

    Curtir

  20. Eu ia aplaudir lá no final da página, mas como deixar passar tal comentário digno de um QI igual/ inferior a 1/2 ou ainda, menor que de uma ameba, achando que porque o sujeito é um “pseudo gostosinho” ele possa fazer e desfazer na nossa telinha, e a gente tenha qque engolir tudo isso sem maionese?

    Graças a Deus já existe controle remoto… e não preciso conviver com esse sujeitinho…

    Curtir

Atire uma pá de cal (comente!)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s