Susana Vieira

Sônia Maria Vieira Gonçalves

¤ 23/08/1942 – † 08/12/2010
1,61 m de ego superdimensionado

Epitáfio: “Diga-me com quem andas e eu te direi quem és”
(Adágio popular)

Se ao custo de todos os tratamentos estéticos que o dinheiro pode pagar Susana Vieira conseguiu livrar a carcaça dos efeitos mais agressivos do tempo, este, por sua vez, em toda sua implacável sabedoria cobrou um alto preço ao privá-la da mais alentadora faculdade que afinal se desejaria encontrar em um ancião: o senso de ridículo. Continuar lendo

Gretchen

Maria Odete Brito de Miranda

¤ 29/05/1959 –  † 28/04/2010
Pioneira do setor retro-rebolativo

Epitáfio: “Em questões de dinheiro temos todos a mesma religião”
(Voltaire)

Senão a primeira, certamente a mais célebre liquidificadora de virtudes construídas ainda nos tempos da televisão à lenha, Gretchen abriu as portas do inferno para uma nova fórmula de conteúdos cuja glorificação levaria o nível dos valores que se vende na telinha a rés-do-chão, se é que ali já não se encontravam. Continuar lendo

Mara Maravilha

Eliemary Silva da Silveira

¤ 06/03/1968 –  † 19/04/2010
Capa da Playboy de Fevereiro de 1990

Epitáfio: “O mesmo acontece ao mérito e à inocência:
perde-se, desde que deles nos sustentemos
(Immanuel Kant)

Mara pertence a uma categoria de celebridades falidas que é das minhas favoritas: as madalenas arrependidas, tipo clássico cujos espécimes caracterizam-se pelo grande empenho em negar, na segunda parte de suas vidas, tudo o que fizeram na primeira. Continuar lendo