Dado Dolabella

Carlos Eduardo Bouças Dolabella Filho

¤ 20/07/1980 – † 28/10/2010 Pacifista

Epitáfio: “Tu, pessoa nefasta/Vê se afasta teu mal/
Teu astral que se arrasta tão baixo/No chão”
(Gilberto Gil)

Produto moldado na série que há 15 anos tem sido o buraco negro de onde escapam personagens cuja presunção não cabe em nossa realidade dimensional – a hermética Malhação – Dado Dolabella é um personagem de si mesmo que já nasceu sob o signo da canastrice que transcende parâmetros. Continuar lendo

Sabrina Sato

Sabrina Sato Rahal

¤ 04/02/1981 –  † 01/06/2010
Musa dos motoboys de segunda linha

Epitáfio: “Não há nada tão equitativamente distribuído
no mundo como a inteligência: todos estão convencidos
de que têm o suficiente”
(René Descartes)

No fim dos anos 80 havia um programa humorístico genial, chamado TV Pirata, no qual o ator Ney Latorraca, interpretava o personagem Barbosa, um velhote malandro e senil que repetia o final das frases alheias ou as pontuava com seu famoso ‘Ba-bosa!’. Continuar lendo

Fiuk

Filipe Kartalian Ayrosa Galvão

¤ 25/10/1990 –  † 04/05/2010
Emocore dietético enquanto não surgir outra moda

Epitáfio: “É um mundo muito vazio…”
(o próprio, em entrevista à revista Atrevida)

Eis que nos deparamos com esta mais nova demonstração de que a máquina televisiva de produzir imbecis continua operando a todo vapor. Também não é pra menos. Dadas as intervenções das talifãs do natimorto Luan Santana nesta necrópole, constata-se que a demanda por produtos e conteúdos cada vez mais previsíveis e anêmicos continua aquecida. Continuar lendo

Kléber Bambam

Kléber de Paula Pedra

¤ 28/02/1979 –  † 19/01/2010
Intelectual e Poeta Iconoclasta

Epitáfio: Pobre e nua, vai, Filosofia, diz a multidão
pensando no ganho vil (Francesco Petrarca)

Qual a última homenagem apropriada aos gênios?  A aclamação pelos povos da terra? O espocar frenético dos flashes? As bençãos de todos os tipos e de todos os sacerdotes? O hastear de bandeiras a meio-pau? Continuar lendo