Bola do Pânico

Marcos Chiesa Birquenkisy

¤ 24/06/1967 –  † 14/05/2010
Mais um ‘Bola do Pânico’

Epitáfio: “É possível descobrir mais sobre uma pessoa
numa hora de brincadeira do que num ano de conversa
.” (Platão)

Para tecer palavras sobre este senhor, precisei ir à presença de meus gurus e com eles meditar sobre muitas questões, pois a minha opinião estava definitivamente aprisionada pelo sólido conceito de que o Bola do Pânico (Boleta, ou apenas Bola) não pode ser definido como outra coisa senão o pobre Marcos Chiesa Birquenkisy. É uma questão filosófica.

Equipando-me sempre de precauções e habilidades que possam me poupar do amargo desprazer de admitir o engano do sepultamento de um vivente – eventualidade que surtiria repercussões devastadoras em minha consciência e em meu currículo – retornei de minha jornada ao olimpo do saber com a mesma certeza, desta feita, liberta e respaldada pelos sábios seculares que não ouvem Ivete Sangalo, a recém-santificada musa da Cultura Boca-de-Porco.

Bola é Marcos Chiesa e Marcos Chiesa é Bola.

Além disso, apenas um personagem obscuro, de trajetória opaca e que, sem origem e sem destino, só ousa definir-se no Twitter como ‘humorista em um importante canal de tv’, num inglês instrumental e que torna a sua melhor piada inacessível a uma parcela considerável dos que ainda borram as calças nos manicômios enquanto prestam-lhe algum tipo de imerecida reverência.

Picando cartão na Rádio Jovem Pan de São Paulo desde o nascimento do Pânico!, o que remonta a meados da última década do século XX, alguém ainda o definiu como radialista, insultando desta forma, os profissionais deste meio que sofre de mazelas antigas, mas que é honesto ganha-pão de gente séria cuja paixão está acima das canalhices dos novos senhores feudais da mídia e seus lobistas.

Ao se rascunhar um ‘antes e depois’ de Chiesa, compreende-se sua deplorável fase no papel de saco-de-pancadas e escarradeira do diretor de externas da versão televisiva do Pânico!, Marcelo Bolinha, numa tentativa de parodiar o insalubre Jackass.

Papel mais perfeito não desenvolveria já que ao lado do espantalho Emílio Surita, não consegue apresentar mínimo conteúdo naquele exercício dominical de perversão chamado Pânico na TV!, fórmula aliás, que merecida e lentamente agoniza na piscina cheia de ratos da emissora que ninguém vê, a RedeTV!

Dos tempos dos ‘pegas’ madrugada à fora a bordo de Ferraris, às noitadas em tradicionais casas de tolerância da Cali paulista, Boleta só nos traz sua bagagem de baixarias, atitudes chulas e preconceitos arraigados que, naturalmente, lhe qualificaram antes ao posto de produtor de ‘pérolas’ da televisão como Caldeirão do Huck (Rede Globo), Ratinho Livre (SBT) e Programa do Ratinho (SBT).

Percebe o caro leitor com o círculo se fecha, como as peças se encaixam? Rede Globo, Bola, Huck, Ratinho, Surita, Pânico, RedeTV!… é um círculo perfeito.

Esta ocasião do sepultamento de Marcos Chiesa, o 35º deste cemitério, quase 100.000 visitas depois do primeiro, marca a inauguração, em grande estilo (?), da ala de seus jazigos perpétuos.

Que sua tumba inspire em todos os futuros visitantes, uma nova noção de que a falta de talento, assim como a morte, é uma condição irreversível para a qual não existe remédio.


Anúncios

108 Respostas para “Bola do Pânico

  1. Para mim, o Bola tá longe de ser um humorista. Do jeito que ele trata as outras pessoas, nem deveria estar apresentando um programa. Não estou defendendo Sabrina Sato, Emilio Surita, Ceará, etc… Eu só acho que ele deveria fazer uma profunda reciclagem e reaprender a ser mais humilde, que é o que falta nesses pseudo artistas. Coveirinho, mais uma vez parabéns, e não ligue pra essas criticas. A frase que define bem esses fãs acéfalos eu li em um livro de Sir Arthur Conan Doyle, criador do famoso Sherlock Holmes, inclusive essa é a frase dele: “Um idiota sempre arruma outro mais idiota para admirá – lo.”

    Curtir

  2. o bola do panico e muito engraçado e o melhor do programa ele criou o panico na rede tv no começo e esta la ate hoje então ele tem um papel ali muito forte no programa sabe zuar na hora certa e e muto talentoso

    Curtir

    • Jovem Lucas
      Quero crer que, dada a ortografia e gramática, você estava bêbado ou em profundo e momentâneo estado delirante no momento em que decidiu expor esta sua opinião.
      Mantenha-se distante das drogas e do álcool para o seu próprio bem.

      Curtir

  3. nosss na moral o meelhor esterro de todos…. nao tem coisa pior no mundo do q forçar o riso….. ele e totalmente desnecessario na tv!!! e o q mais me irrita sao as pessoas q gostam dele justamente pelo mesmo ser arrogante, preconceituoso e prepotente. na boa!!!! o panico ja foi…. ta muito apelativo ta quase atingingo o casseta e planeta,enfim….. so isso que digo!

    Curtir

  4. Pelo amor de Deus, quanto comentário inutil a respeito do blogue e do coveirinho , sacrificando-o de invejoso, dizendo que ele usa seus comentários assíduos para difamar as “cerebridades ” como escada para ibope do seu blogue!
    É dois tipos de pessoas que fazem esses comentários, um deles é os acéfalos que prestigiam tais programas ou artistas de baixo nivel que ja estão ou vão ser enterrados aqui! e o outro é a corja que faz parte desse submundo “artistico” na qual vive sendo prestigiada por pessoas acéfalas!

    Resumindo… Viva o pais da hipocrisia ululante e purgente das pessoas, viva o pais de baixo nivel de educação, viva o pais onde os valores e conceitos de familia estão sendo perdidos!
    parabéns coveirinho pop pelo seu blogue!
    estarei sempre prestigiando suas pérolas de sabedoria!

    Curtir

  5. Caro Undertaker do mundo das celebridades da Segunda Divisão,

    Permita-me fazer um adendo.

    Qualificar Marcos Chiesa como humorista é, no mínimo, de gosto questionável – uma vez que ao mesmo posto foram levados no mesmo programa dublês de atores, doentes mentais, pessoas com pendência na Justiça, etc etc etc. Acho que o papel de pessoa tão desagradável e desprovida de senso de humor é, na verdade, fechar a equação.

    Sem um homem desprovido de humor, não há um espelho – por parte dos produtores e idealizadores – de grande parte da sociedade que despreza este tipo de humor slapstick, baseado no chulo e na ignorância alheia explorada por um software editor de vídeos, não haveria o tapa na cara de quem não gosta.

    Marcos Chiesa está lá para ser o representante diplomático do não-riso. Do deboche com Sabrina Sato e com as bonequinhas panicats. E quando ele é achincalhado, depilado, exposto como carne em um Clube das Mulheres, recebe descargas elétricas e afins, é o modo como os produtores e idealizadores do programa respondem às críticas. “Vocês não nos acham engraçados? Olha o que fazemos com quem não nos acha engraçado”.

    Marcos Chiesa não é um herói, que fique bem claro. Ele, como disse acima, é parte da equação. Ele é o que faz o Panico na TV continuar em sua jornada de humor barato, alimentando cabecinhas afoitas por frases feitas, modismos e tendências solúveis em água morna.

    Curtir

      • O André tem uma leitura interessante. O Bola faz o papel de escada num humorístico sem percepção de gosto, numa simbologia de resistência dentro da própria proposta do programa. Sempre o vi como um manequim do ex-liquidatório Mappim em suas participações – ficava ali e só. Ele e o proto-Hulk Surita. E agora envolvido em brincadeiras insanas. Ele, literalmente parece ser o outro lado da balança.

        Sugestões para você deste humílimo leitor:

        Cristian Pior
        Vesgo
        Surita,

        E seguindo nesta trilha também sugeriria a ex-dolabeliana Luana Piovani numa perspectiva oxigenada das blod cebrities

        Abs.

        Curtir

  6. eu amo o panico, o melhor programa humoristico. Não é a toa que é sempre comentado, vcs metem o pau porque queriam fazer o sucesso que les fazem. otarios

    Curtir

      • Cara, ja deu né
        enterrar ‘famosos’ é usufruir da fama deles pra fazer seu blog crescer

        Por mim tu faz o que tu quiser, mas enterrar Cláudia leite, Ana Hickman, Sabrina Sato, Fiuk, Restart e o bola ( Não que eu goste deles pq tem uns aí que pqp ) é simplesmente tirar proveito da fama deles pra fazer essa porra crescer

        E se vc tem tanto tempo pra escrever quase 11 parágrafos de bosta vc tem tempo suficiente pra parar de ser liso e começar a enterrar o que deve se deu pra entender

        Luz em seu caminho é o que lhe desejo, sinceramente.
        Morre =D

        Curtir

  7. Esse ai num fede e nem cheira,é uma semi celebridade,futuro participante da Fazenda,Rídiculo,Arrogante,Preconceituoso e Metido á besta.

    Curtir

  8. Pessoal eu amo o bola sou apaixonada por ela daria tudo, para conv um minuto com ele !
    acho os comentário desagradáveis q fizeram sobre ele, e acho esse site um horror sem inteligência nenhuma

    Curtir

    • engracado o que eu vejo na maioria dos sites brasileiros onde acaba-se tendo um lugar pra discussao, como este aqui do CC:
      Quem nao concorda com o texto que foi escrito ataca verbalmente o autor com paus e pedras verbais/virtuais postando comentarios extremamente grossos e sem educacao (agora eu to falando por outros posts que eu li antes de postar aqui), tomando as dores pelo artista de maneira quase irracional…
      Gente, dah pra concordar em discordar sem tanta violencia verbal, dah pra argumentar um, dois, tres, quatro motivos pelos quais vc nao concorda com o que o coveirinho pop dividiu conosco nesse site.
      Ele enterrou o Bola e vc acha que que ele deve ser desenterrado e ressucitado? Beleza! Entao poe aqui os porques… mas nao sai xingando nao, tanto porque raiva descabida assim denota somente uma coisa: ignorancia e falta de capacidade de expressao…

      Curtir

      • Kate,
        quando a capacidade de argumentativa do populacho se iguala a sua (do populacho) capacidade de raciocinar, ou seja, torna-se nula, é natural que a violência aflore em tantas demonstrações de despreparo intelectual, emocional e espiritual.
        Saudações!

        Curtir

  9. Sem dúvida um merecido óbito. Deprimente ver aquele saco de bosta peluda fazendo extravagância diante de milhões de pessoas. Se meu produto é ruim, mas tem quem o consuma, ótimo. Vou me expor ao ridículo, me humilhar para faturar uma boa grana e assim dizer: Sou artista! Verdadeiro ápice da degradação humana. O Pânico na TV em seu começo até tinha um gás bacana, sua marca maior que era a irreverência se transformou em inconveniência. Uma dica aos produtores seria terminar com o programa enquanto alguns abestados lhe dão IBOP. Façam como o TV Pirata que terminou no AUGE, deixando uma legião de saudosos fãs. Bons tempos nostálgicos aos que já passaram dos 30… por isso digo sempre aqui: Rezemos com fé para que essas pragas nem em pensamento retornem ao mundo dos vivos.

    Curtir

  10. O argumento da Caroline é tão raso quanto o conhecimento dela de língua pátria. Quer dizer que não posso assistir o Pânico porque acho o Bola um merda e o Polvilho divertido? Não posso assistir à Praça porque gosto do João Plenário e acho o resto sem graça?
    Caroline, vá embora. Aqui no cemitério só aceitamos góticas gostosas e divertidas. E você é chatinha e desagradável.

    Curtir

  11. Meu caro Coveiro,
    Se você dá o nome de “leitura crítica” aos seus textos mal escritos, acho que quem precisa de discernimento não sou eu e sim você, porém como já disse anteriormente: Quando não gostamos de um programa na Tv, mudamos de canal. E no caso desse seu ‘blog’, o que se tem à fazer é simplismente não acessar. Não dando assim, créditos a tais baboseiras!
    E como nunca mais verá meu nome entre seus comentários,
    Bons sepultamentos!

    Curtir

    • Temo que sua ausência não nos faça falta, Carol.
      Assim como seus comentários não fizeram diferença.
      De forma semelhante a sua vida, que só é percebida no IBOPE e no CENSO.

      Curtir

    • Minha querida,
      cada um expressa o que sabe, o que sente e o que pensa da forma como pode.
      De minha parte, me esforço para fazê-lo da melhor forma possível dentro dessas limitações tão humanas que não nego possuir.
      Acho natural que múmias paralisadas como a senhora simplesmente façam sua parte desempenhando o único papel de que são capazes: FIGURAÇÃO!
      Luz em seu caminho é o que lhe desejo, sinceramente.

      Curtir

    • O programa é líder de audiência porque a MASSA assiste.
      O problema é que a MASSA não usa sua massa encefálica, se usasse programas como Pânico e merdas semelhantes provavelmente sequer estariam no ar atualmente.
      A cidadão deve ser da equipe do Pânico ou então dá o rabo pra algum integrante do mesmo, só pode…
      Siga seu próprio conselho: se não gosta do blog, não acesse, assim como não assisto esses programas de merda por não gostar deles.

      Curtir

    • Vá em paz querida. Pra que precisamos de vc quando temos nosso coveiro favorito ? E sim, mudamos de canal, mas são pessoas como vc que mantém esse lixo no ar.

      Curtir

  12. Sabe o o que é intrigante nesses comentários do cemitério à respeito do Bola?
    É que todos metem o pau no cara e no que ele faz na TV, porém, todo mundo diz que assiste!
    Falam mal da Rede Tv, mas sintonizam todo domingo pra ver o Pânico.
    O programa é tão deplorável (como vocês dizem) que todo domingo tem o maior índice de audiência.
    A minha opinião é a seguinte: “É mais fácil ficar famoso criticando o trabalho alheio, do que tentar inovar e criar algo novo e melhor do que o criticado!”
    Isso se aplica inteiramente a este CEMITÉRIO e ao seu criador!!!!
    Desprovido de boas idéias e com textos de palavras conflitantes e ridículamente sem escrúpulos.
    E a maioria das pessoas que comentam aqui ou são SANTOS ou são de uma religião muito rigorosa, pois se reclamam de mulheres siliconadas e que mostram o corpo na Tv, então por que assistem?!
    Troquem de canal, vocês tem o livre arbítrio, o qual Deus deu a todos nós. E o controle remoto, só basta um aperto de botão!

    Curtir

    • Caroline,
      pena que o problema não é tão simples.
      As pessoas com discernimento, certamente, trocam o canal ou fazem uma leitura crítica do que se exibe.
      O problema são aquelas que, hipnotizadas com tanto lixo, não conseguem reagir e questionar os conceitos que se veicula e saem mundo afora emulando o péssimo exemplo de seus ídolos do esgoto, como se isso fosse uma espécie de ‘melhores práticas’ de convívio, pra ser sucinto.
      Vivemos em sociedade, minha jovem, não em matilhas.

      Curtir

    • E quem te disse que eu assisto lixo????
      De onde vc tirou que, pra saber que existem pseudocelebridades, temos que assistir os programas de mau gosto?
      Raciocina…..

      Curtir

  13. Sim, Bola é o encosto do Pânico, aquele sujeito sem talento, sem graça e sem carisma que só está lá porque é amigo do chefe. Sou inteiramente a favor de seu sepultamento, eis que seu cadáver fede tanto quanto o dito cujo em vida, mas acredito que o sepultamento do lamentável Emílio Zurita, com sua cara de queijo, suas imensas falhas capilares e sua olímpica boçalidade, deveria ter vindo antes (de repente até já veio e eu que não li). Outra coisa que sugiro é igualdade: se Bola for enterrado, Marcelo Tas deve segui-lo. Com toda aquela tropa de idiotinhas de cabelo podre do CQC. Se o original vai pra cova rasa os genéricos também têm que ir. Abraços

    Curtir

  14. Cara, o joão gordo disse uma vez que o Bola éra o chato do programa [ou algo do genero]!!!
    Ele é muito sem-graça!! Gostaria de saber porque ainda ele ainda tá no pânico. Fez o Carioca sair do Programa [Hoje, pelo menos eu acho, ele é um dos caras mais divertidos do Pânico], não traz ideia nenhuma pro programa… é um mala; melhor, um contêiner!!!

    Curtir

Atire uma pá de cal (comente!)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s